Conselho Permanente, em reunião virtual, adia a 58ª Assembleia da CNBB para 2021

Conselho Permanente, em reunião virtual, adia a 58ª Assembleia da CNBB para 2021

Radio America | Rádio América

26/06/2020 3:19 pm | Atualizado em: 26/06/2020 3:19 pm

Reunido nessa quinta-feira, 25 de junho, virtualmente por meio da plataforma Zoom, o Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) adiou a sua 58ª Assembleia Geral para abril de 2021, em conformidade com o artigo 52 do Estatuto Canônico e o artigo 203 do Regimento da Conferência. Em março deste ano, a presidência da CNBB, tendo ouvido o mesmo Conselho, havia adiado o encontro dos bispos do Brasil para agosto deste ano.

Segundo o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, a decisão foi aprovada, na manhã desta quinta-feira, pelos 46 bispos que integram o Conselho da entidade como medida de prevenção ao contágio do novo coronavírus.

Os bispos também avaliaram o texto preparatório da próxima assembleia do episcopado brasileiro. O tema central da 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) estará relacionado ao primeiro pilar proposto nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE): a Palavra de Deus.

Segundo o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, está em curso um processo de “pentecostalização” do cristianismo no Brasil e o texto do tema central da 58ª assembleia do episcopado do Brasil, centrado na Palavra de Deus, poderá contribuir com uma abordagem mais prática para que os cristãos vivam a sua fé de forma coerente.

O até então núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni d’Aniello, participou da reunião e despediu-se dos membros do Conselho Permanente e da CNBB. No dia 1º de junho, ele foi nomeado para ser núncio apostólico na federação Russa.

Além desses assuntos, os membros do Conselho Permanente discutiram o Plano Estratégico de Comunicação da entidade; os presidentes dos 18 Regionais e as Comissões Episcopais Pastorais da CNBB deram informes sobre a sua realidade, considerando o contexto da pandemia da covid-19. Também foram abordados o itinerário para reformulação do Estatuto e a metodologia de análise da conjuntura eclesial, a ser consolidada em reunião no próximo dia 30 de junho. A reunião ainda foi ocasião para divulgação do informe financeiro da entidade.

O Conselho Permanente da CNBB, segundo o Estatuto e Regimento da entidade, é responsável pela orientação e acompanhamento da CNBB e dos organismos a ela vinculados. O Conselho Permanente é constituído pela presidência, presidentes das comissões episcopais e membros eleitos dos 18 conselhos episcopais regionais. Tem caráter eletivo e deliberativo.

Fonte: CNBB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *