Insegurança marca rotina de servidores públicos da saúde em BH

Centro de Saúde Cafezal ficou fechado por três dias. Imagem: Paula Coura/Hoje em Dia

Centro de Saúde Cafezal ficou fechado por três dias. Imagem: Paula Coura/Hoje em Dia

Centro de Saúde Cafezal ficou fechado por três dias. Imagem: Paula Coura/Hoje em Dia

Fechado desde o início da semana, o Centro de Saúde Cafezal, localizado no Aglomerado da Serra (região Centro-Sul), em Belo Horizonte, irá regularizar os atendimentos à população nesta quinta-feira (19). A instituição foi paralisada pela Prefeitura após servidores públicos sofrerem ameaças e agressões de alguns moradores da área.

A reabertura foi garantida pelo prefeito capital, Alexandre Kalil (PHS), que visitou o local na tarde de ontem (18). Apesar de controlada a situação, o Aglomerado da Serra não é a única região de BH que registra casos de insegurança contra servidores da saúde e pacientes.

Em entrevista ao repórter Vinícius Andrade, o diretor do Sindicato dos Médicos do Estado de Minas Gerais (Sinmed-MG), Artur Mendes, afirmou que muitos outros centros de saúde sofrem com o mesmo problema. Confira a matéria completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *