[Live] CNBB apresenta o ‘Novo Diretório para a Catequese’

[Live] CNBB apresenta o ‘Novo Diretório para a Catequese’

Radio America | Rádio América

26/06/2020 11:59 am | Atualizado em: 26/06/2020 12:14 pm

A Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) apresentou, nesta quinta-feira, dia 25 de junho, em  live transmitida pelas redes sociais, o “Novo Diretório para a Catequese”  que será lançado pelo Vaticano.

Para conversar sobre esse documento, os assessores da comissão, padre Jânison de Sá e a irmã Izabel Patuzzo, participaram de um encontro com o arcebispo de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, com o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, e ocom  arcebispo de Curitiba (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-catequética, Dom José Antônio Peruzzo.

O documento é redigido pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (CPPNE). De acordo com o Vaticano, a publicação de um Diretório para a Catequese representa um acontecimento feliz para a vida da Igreja.

“O novo Diretório para a Catequese pode constituir um desafio positivo para todos os que se dedicam ao grande empenho da catequese, uma vez que permite experimentar a dinâmica do movimento catequético que sempre teve uma presença significativa na vida da comunidade cristã. Trata-se de um documento da Santa Sé disponível para a toda a Igreja”, destaca o texto.

Segundo o Vatican News, o presidente do Pontifício Conselho para a promoção da Nova Evangelização, dom Rino Fisichella, disse na coletiva de apresentação do documento que “É urgente realizar uma ‘conversão pastoral’ a fim de liberar a catequese de certos laços que a impedem de ser eficaz”.

Dom Rino Fisichella disse ainda na coletiva que “Na era digital, vinte anos podem ser comparados, sem exageros, a pelo menos meio século”. E completou dizendo que o documento nasceu da necessidade de levar em consideração “com grande realismo o novo que está surgindo, com a tentativa de propor uma leitura que envolvesse a catequese”.

Segundo Fisichella, “é urgente realizar uma ‘conversão pastoral’ a fim de liberar a catequese de certos laços que a impedem de ser eficaz”. É por esta razão que o Diretório apresenta “não apenas os problemas inerentes à cultura digital, mas também sugere caminhos para serem tomados para que a catequese se torne uma proposta que encontre o interlocutor capaz de compreendê-la e ver sua adequação com seu próprio mundo”, disse.

YouTube video

Fonte: Arquidiocese de BH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *