Notícias

 

EVANGELHO DO DIA – 12/03/2018

Podes ir, teu filho vive! – Jo 4,43-54

Passados os dois dias, Jesus foi para a Galileia. (Jesus mesmo tinha declarado, de fato, que um profeta não é reconhecido em sua própria terra.) Quando então chegou à Galileia, os galileus o receberam bem, porque tinham visto tudo o que fizera em Jerusalém, por ocasião da festa. Pois também eles tinham ido à festa.

Jesus voltou a Caná da Galileia, onde tinha mudado a água em vinho. Havia um funcionário do rei, cujo filho se encontrava doente em Cafarnaum. Quando ouviu dizer que Jesus tinha vindo da Judeia para a Galileia, ele foi ao encontro dele e pediu-lhe que descesse até Cafarnaum para curar o seu filho, que estava à morte.

Jesus lhe disse: “Se não virdes sinais e prodígios, nunca acreditareis”. O funcionário do rei disse: “Senhor, desce, antes que meu filho morra!”. Ele respondeu: “Podes ir, teu filho vive”. O homem acreditou na palavra de Jesus e partiu. Enquanto descia para Cafarnaum, os empregados foram-lhe ao encontro para dizer que seu filho vivia. O funcionário do rei perguntou a que horas o menino tinha melhorado. Eles responderam: “Ontem, à uma da tarde, a febre passou”. O pai verificou que era exatamente nessa hora que Jesus lhe tinha dito: “Teu filho vive”. Ele, então, passou a crer, juntamente com toda a sua família. Também este segundo sinal, Jesus o fez depois de voltar da Judeia para a Galileia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Rádio américa na rede