Notícias

 

Secretário de Zezé Perrella é preso e exonerado do cargo

Polícia Federal realiza operação Patmos em Belo Horizonte. Imagem: Pedro Ângelo/G1

Polícia Federal realiza operação Patmos em Belo Horizonte. Imagem: Pedro Ângelo/G1

O secretário parlamentar do senador Zezé Perrella (PTB), Mendherson Souza Lima, apontado como uma das pessoas que transportou o dinheiro pedido pelo senador Aécio Neves (PSDB) à empresa JBS Foods, foi exonerado do cargo, na manhã desta sexta-feira (19). Assim como o primo do político tucano, Frederico Pacheco, o secretário está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A prisão faz parte da operação da Polícia Federal, Patmos, a partir das delações premiadas de Joesley e Wesley Batista, donos da empresa de alimentos. Confira os detalhes na matéria de Vinícius Andrade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Rádio américa na rede