Dom Nivaldo preside Missa no Dia do Trabalhador: “Com o Papa Francisco, sonhamos juntos sonhos lindos de Deus, como fez São José”

Foto: RENSA

Dom Nivaldo preside Missa no Dia do Trabalhador: “Com o Papa Francisco, sonhamos juntos sonhos lindos de Deus, como fez São José”

Foto: RENSA
Radio America | Rádio América

03/05/2021 4:20 pm | Atualizado em: 03/05/2021 4:20 pm

A Missa do Dia do Trabalhador, celebrada há 45 anos na Região Episcopal  Nossa Senhora Aparecida, pelo segundo ano, não pôde reunir os milhares de fiéis na Praça da Cemig. Dom Nivaldo dos Santos Ferreira, bispo auxiliar responsável pela Rensa, presidiu a Eucaristia na manhã deste sábado, 1º de maio de 2021, na Paróquia São José Operário, em Contagem. Concelebrada por padres das paróquias que integram a Região Episcopal e com participação de um grupo restrito de fiéis, em razão das medidas de prevenção à pandemia, a Missa foi transmitida pela TV Horizonte, canal aberto HDTV 30.1.

Em sua homilia, dom Nivaldo ressaltou  a importância e a necessidade do trabalho para dar origem a uma nova normalidade em que ninguém seja excluído. “O trabalho de São José lembra-nos que o próprio Deus feito homem não desdenhou do trabalho” – disse o Bispo ao lembrar o aumento do desemprego, que tem afetado tantos irmãos,  nos últimos meses, devido à pandemia da Covid-19. “Peçamos a São José Operário que encontremos vias onde possamos nos comprometer até se dizer: nenhum jovem, nenhuma pessoa, nenhuma família sem trabalho. Essas palavras do Papa Francisco emolduram, neste atípico ano, especialmente, a nossa irrenunciável e igualmente profética missão de continuar a prática de celebrar na nossa Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida a Eucaristia, no Dia do Trabalhador,  o Dia de São José Operário”.

O Bispo partilhou ainda um rápido resgate histórico do caminho fundante da fé na Região Episcopal, há 45 anos, a partir das reuniões para preparação da liturgia do domingo e da participação da população nos Círculos Bíblicos. Os milhares de cristãos que se reuniam durante a semana para rezar e partilhar a Palavra, em suas casas e comunidades, se uniam aos sacerdotes na grande celebração de 1º de Maio, dia de  São José Operário, e em 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida. Dos grupos de oração surgiram também a maior parte das lideranças das associações de moradores da região, à época conhecida como setor industrial de Contagem, que passaram a trabalhar por condições de vida mais dignas : construção de escolas, pavimentação de ruas, redes elétrica e de água, além das creches onde as mães pudessem deixar os filhos para trabalhar.

Dom Nivaldo destacou que hoje, “com o Papa Francisco, estamos sonhando juntos sonhos lindos de Deus, como fez São José.  Sonhos de uma grande amizade e fraternidade social,  em que a máxima da ecologia integral  seja a defesa da vida de todos , e de toda a natureza, nossa Casa Comum. Com voz profética, evidenciamos acima de tudo os pobres vilipendiados e descartados pelo egoísmo de uns poucos”.

Ao final da Celebração Eucarística, o Bispo convidou todos a dirigirem a São José uma das mais bonitas orações da tradição católica, pedindo sua intercessão, especialmente pelos trabalhadores e trabalhadoras da saúde, extenuados e em muitos casos vitimados  pelas  contaminações da Covid-19. “Que sejam abençoadas suas mãos, das quais recebemos os cuidados e o socorro para salvar nossas vidas nos momentos-limites que o coronavírus e outras doenças nos impõem”.

Fonte: Arquidiocese de BH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code